Dante Bassi é de Salvador e Katrin – também conhecida como Kafe – de Ravensburg, no Sul da Alemanha. Os chefs e idealizadores do Manga se conheceram quando ambos trabalharam no premiado Restaurante D.O.M. do chef Alex Atala, em São Paulo. Katrin iniciou sua carreira no Hilton em Munique e passou pelos estrelados restaurantes Steinheuer´s Restaurant zur Alten Post, na Colônia, e Stuebli, em Davos (CH). Dante, que se formou no renomado Culinary Institute of America, tem no currículo casas de peso como o Gramercy Tavern e o Daniel, ambos em Nova Iorque antes de ir para o D.O.M onde passou dois anos e meio como Sub-chef. Após conhecer Katrin, viajou à Europa onde passou pelo Schloss Schauenstein, restaurante três estrelas Michelin do chef Andreas Caminada, na Suíça. Em 2017 o casal retornou para o Brasil para começar o sonho de abrir o próprio restaurante. No Manga o casal se divide, ele cuida dos pratos e da charcutaria e ela da panificação e das sobremesas.

Dante

O chef Dante Bassi descobriu cedo a paixão pela gastronomia. Aos 17 anos, já sabia que queria ser cozinheiro, depois de trabalhar em um restaurante em Salvador. Decidiu cursar o Culinary Institute of America (CIA), em Nova York, mas como era menor de idade, aproveitou para ir a São Paulo fazer um estágio no D.O.M. de Alex Atala antes de embarcar. Nos EUA, adquiriu experiência em grandes restaurantes, como o Daniel, de Daniel Boulud, e Gramercy Tavern. De volta ao Brasil, Dante também retornou ao D.O.M., onde se tornou sous chef depois de dois meses. E, não menos importante, onde conheceu Kafe Bassi. Meses depois que ela voltou para a Alemanha, mudaram-se para a Suíça, onde Dante trabalhou no Schloss Shauenstein, de Andreas Caminada – três estrelas Michelin – na divisa com a Itália e Áustria.

Kafe

Katrin Vetter nasceu em Ravensburg, no sul da Alemanha e herdou de família o amor pela comida e hospitalidade. Ela iniciou a carreira no Hilton de Munique, depois passou pelos estrelados Steinheuers Restaurant Zur Alten Post, em Colônia, e Stübli Restaurant, em Davos. Fez um estágio no D.O.M., durante uma visita à irmã que morava em São Paulo. E quando renovou o visto e voltou a trabalhar com Alex Atala, conheceu o baiano Dante na cozinha. Após um tempo, retornou à Alemanha para fazer mestrado. E, depois, o casal mudou-se para a Suíça. Quando Kafe engravidou, perceberam que queriam se estabelecer perto da família. E, resumindo bastante a história, assim nasceu o Manga.

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *